terça-feira, 1 de novembro de 2011

Será que encontrei a pessoa certa?


Quando a vida torna-se equilibrada, se atinge um bom grau de maturidade, a situação financeira vai bem, os amigos se casam e a vontade de morar em um lugar para chamar de seu só aumenta, muitas pessoas comprometidas se questionam: será que encontrei a pessoa certa para dar o próximo passo?

As dúvidas fazem parte da vida. E os pés têm que estar bem firmes no chão antes de assumir um matrimônio, portanto, nada mais justo que questionar-se a respeito dos aspectos que envolvem um compromisso tão sério como este. E, verdade seja dita, quando estamos quase prontos, chegando lá, parece que bate uma ansiedade, uma angústia, uma insegurança tão grande a ponto de questionar até mesmo os sentimentos com relação ao outro.

Nos casais que estão há mais tempo juntos e que servem de inspiração aos mais novos é possível perceber que uma palavrinha faz toda a diferença: amizade. Desses exemplos concluo que as pessoas que consideram seu par seu melhor amigo já encontraram seu parceiro ideal.

Quem é o melhor amigo? Não é aquele que te aprecia do jeito que você é? Que te defende, que ressalta aos outros as suas qualidades? Que dá aquela bronca, quando ninguém está por perto, quando você está fora de si? Que na hora do aperto você chama seu nome? Que é fiel, compreensivo, sábio, dedicado? Que é a melhor companhia, para todas as horas? Que você pode passa horas ao lado e não vê o tempo passar?

Admiração é outro item que conta bastante para o fortalecimento das relações. Mas o que vem antes a admiração ou a amizade? Parece-me que ambas se misturam em algum momento, porque como alguém já disse “ninguém ama aquilo que não conhece”.

Se pensarmos nas características que compõem o que nós classificamos por melhor amigo e as encontrarmos em outras pessoas, que não no nosso namorado, ou namorada, devemos refletir seriamente a respeito de quão prazerosa e saudável é essa relação que estamos. Quem sabe, com trabalho e dedicação, é possível apostar em quem está do nosso lado.

Felizes daqueles que namoram com seus melhores amigos, porque, além da parceria emocional, têm os benefícios físicos da relação. Quando a hora certa chegar não hesite: a convivência no casamento e o passar dos anos vão fortalecer ainda mais os laços de amor e, principalmente, de amizade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...